DIA 9 – QUARTA-FEIRA

8h00 às 9h30 Pré-Congresso

Sala 1 – Filantropia

Palestrantes:
Maria Victoria Paiva – Diretora do Departamento de Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social em Saúde – DCEBAS/SAS/MS

Brunno Ferreira Carrijo – Coordenador-Geral do Departamento de Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social em Saúde – DCEBAS/SAS/MS

Teresa Gutierrez – advogada, sócia do Machado Nunes Advogados, especialista em Direito Administrativo pela PUC/SP, vasta experiência no setor da saúde, com forte atuação perante Agências Reguladoras e Ministério de Estado da Saúde na defesa dos interesses do setor, coordenadora do Grupo Legal Regulatório da Associação Nacional de Hospitais Privados, coordenadora da Câmara Jurídica da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica, membro da Câmara Jurídica do Instituto Brasileiro de Organizações Sociais de Saúde, membro da Comissão de Defesa das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da OAB/SP, Secretária da Comissão de Estudos das Relações de Trabalho do Setor da Saúde da OAB/SP.

9h45 às 18h30 Congresso

9h45 às 10h15 Abertura Oficial

10h15 às 18h00 Atividades

Tema: Gestão Espiritualizada: Inspirando Ações nos Hospitais Filantrópicos

“A ciência não é só compatível com a espiritualidade; é uma profunda fonte de espiritualidade.” (Carl Sagan)

Ao ter como missão a gestão de uma organização de saúde, nossas lideranças vivem um desafio gigantesco, maior do que simplesmente gerenciar um negócio comum. Sim, só o fato de ter que proporcionar um conjunto de ações e práticas voltadas para melhorar a saúde da população já nos remete a um plano de atividades e tarefas diferenciado.

Praticamos nas entidades filantrópicas muito mais do que as questões técnicas e operacionais, pois está no nosso DNA aquilo que nos mantém firmes na caminhada institucional que constituiu a complexidade no servir, contribuir e agregar valor, ou seja, é a Espiritualidade que nos norteia e sublinha as nossas posturas.

No nosso ambiente, não curamos e não recuperamos simplesmente aqueles que nos procuram: buscamos dar verdadeiras lições de vida mostrando em todos os momentos como é fundamental conduzir as ações de saúde inspiradas espiritualmente pela fé e pela crença nos mais valiosos preceitos da solidariedade.

Exercitando o respeito, vamos aproximando pessoas aos nossos negócios e reforçamos que praticar a Espiritualidade facilita a preservação da vida visto que somos energias vibrantes e lidamos com a tênue dádiva de vivenciar a beleza humana que incluiu as etapas do nascer ao morrer, sendo fundamental o olhar humano no outro humano para que o ciclo virtuoso se renove.

10h15 às 11h00 Relatos da Saúde: Uma Visão Jornalística

Palestrante:
Graziela Azevedo – Jornalista da Rede Globo, dedicada à carreira na área da saúde. Destacamos a série sobre Tratamento de Câncer no SUS exibida no Jornal Nacional “Raios-X da Saúde no Brasil” no Globo Reporter. Entre outras dezenas de reportagens sobre epidemia de AIDS, transplantes, uso de células tronco e outras

11h00 às 11h30 Debate

11h30 às 12h30 Cuidado Além da Gestão

Palestrante:
Monja Coen – Jornalista, Escritora, Missionária da tradição Soto Shu do Zen Budismo e primaz fundadora da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil

12h30 às 14h00 Almoço

14h00 às 15h00 Comportamento Organizacional: Análise  de Tendência, Cenários e Liderança

Debatedores:
Bernardo Tinoco – Associate para as práticas de Saúde e Tecnologia da Korn Ferry executivo de marketing, traz mais de 18 anos de experiência em várias funções como Gestão de Produto, Trade Marketing, Comercial, Business Intelligence e Gestão de Projetos, em geografias diferentes (Brasil, America Latina e Europa).

Alceu Alves da Silva – Ex Superintendente do Hospital Mãe de Deus de Porto Alegre, com mais de 40 anos de experiência em gestão Hospitalar e hoje ocupa o cargo de Vice-Presidente da MV

Luciana Lutaif – Psicóloga, com pós graduação em Recursos Humanos, atua na prática de consultoria de Gestão é líder da prática para a indústria de Saúde, Educação e Serviços Públicos da Accenture.
Atualmente dedica-se grande parte de seus estudos a práticas de agilidade. É certificada pela
Scrum Alliance e Scaled Agile, atuando como agente da mudança em projetos de transformação ágil.

Fabio Katayama – Médico formado pela Universidade de São Paulo. Possui experiência prévia em consultoria estratégica (Booz&Company) e com empreendedorismo / startups (fundador e CEO da Natue, hoje o maior varejo eletrônico no setor de produtos naturais). Atualmente ocupa a posição de COO / CFO do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

15h00 às 15h30 Debate

15h30 às 16h00 Coffee-Break

16h00 às 17h30 Engajamento do Bem: Como as Marcas

Podem Melhorar a Imagem e Fortalecer os Valores da Empresa

Palestrantes:
Carmela Borst – CMO da Infor na América Latina, com mais de 20 anos nas áreas de marketing e comunicação em multinacionais. Especialista em digital e influenciadora nas redes sociais, sobre temas relacionados a tecnologia, empoderamento feminino e marketing de causa. Formada em Administração de Empresas e antes de integrar o time da Infor, trabalhou como executiva da Oracle e grupo Accor. Fundou a comunidade CMO Solidário

Irmã Sandra Maciel Notolini – Superiora Geral e Presidente do Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada em São José dos Campos-SP.

17h30 às 18h00 Novas Perspectivas do Faturamento Hospitalar e Ambulatorial no CMD – Conjunto Mínimo de Dados

Palestrante:
Leandro Manassi Panitz – Coordenador-Geral dos Sistemas de Informação do Ministério da Saúde

DIA 10 – QUINTA-FEIRA

8h30 às 17h30 Atividades

Tema: Reinventando Práticas e Ações nos Hospitais: A Criatividade Como Fator de Crescimento

“O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades infinitas. O que é um homem sem sonhos?” (Albert Einstein)

Estamos diante de uma das mais ricas fases da história moderna. Possivelmente os próximos anos nos trarão uma série enorme de contribuições criativas para que a gestão em todos os níveis possa se apoiar em novas lógicas de pensamento.

Tem sido notável no ambiente da saúde reconhecer isto e mais desafiador ainda: apropriar-se dessas contribuições. Esse é um dos grandes desafios que essa nova ordem mundial está nos impondo. Ter a coragem de mudar, de abandonar zonas de conforto e criar novos padrões.

Temos cada dia menos recursos e mais desafios que muitas vezes nos aprisionam, paralisam ou nos colocam numa posição estática. Precisamos voltar a ter pensamentos livres de preconceitos e atitudes meramente repetitivas ou viciantes que são desfavoráveis à Criatividade. Mudar hábitos não acontece num simples estalar de dedos, requer exercitar o ócio criativo e isso muitas vezes necessita ser estimulado.

Quantas vezes deixamos de ouvir opiniões, inclusive aquelas que gritam dentro de nós e que poderiam ser soluções criativas para determinado desafio? Por preconceito? Ausência de apoio? Ou por permanecer olhando para o ontem sem viver o presente e projetar o futuro?

8h30 às 9h30 Afinal, como promover a criatividade para se manter referência aos seus concorrentes?

Palestrante:
Martha Gabriel – Considerada uma das principais pensadoras digitais no Brasil, referência em inovação, transformação digital e educação digital. Autora de dois best sellers e finalista Premiada no prêmio Jabuti. Professora de pós graduação na PUC-SP

9h30 às 10h00 Debate

10h00 às 10h30 Coffee-Break

10h30 às 12h00 Mudando os Paradigmas de Gestão na Saúde

Palestrantes:
Rodrigo Lopes – CEO do Hospital Leforte
Marcos Cunha – Superintendente Executivo de Negócios do A.C.Camargo Cancer Center
Valdir Pereira Ventura – CEO do Grupo São Cristóvão

12h00 às 12h30 Debate

12h30 às 14h00 Almoço

14h00 às 15h00 Painel: Startups na Saúde

Palestrantes:
Fabio Paradiso – Um dos sócios-fundadores da Pega Plantão, que hoje já gerencia mais de 1 milhão de plantões e possui mais de 100 clientes pelo país.

Marcus Vinicius Gimenes – Sócio-fundador do Consulta do Bem, empresa que utiliza economia compartilhada para melhorar a eficiência dos serviços de saúde, possui mais de 4.000 clientes em mais de 30 cidades

Ricado Moraes – Graduado em Marketing e em Psicologia, ambas pela PUC-SP. Co-fundou a Memed, a maior plataforma médica de consulta e prescrição digital de medicamentos do país, onde hoje é CEO.

15h00 às 15h30 Debate

15h30 às 16h00 Coffee-Break

16h00 às 17h30 O que fazem as organizações para se manterem referência aos seus concorrentes?

Palestrante:
Laércio Cosentino – CEO da TOTVS no Brasil

Case de Sucesso – Santa Casa de Araraquara

Palestrante:
Jader Pires – Diretor Geral da Santa Casa de Araraquara

17h30 às 18h00 Debate

DIA 11 – SEXTA-FEIRA

8h00 às 13h00 Atividades

Tema: A Inovação Como Ferramenta de Diferenciação no Ambiente da Saúde

“Inventar é imaginar o que ninguém pensou; é acreditar no que ninguém jurou; é arriscar o que ninguém ousou; é realizar o que ninguém tentou. Inventar é transcender.” (Santos Dumont)

Uma das verdades mais prevalentes no mundo dos negócios é aquela que diz que “não é o novo que assusta, é o medo do desconhecido”. De fato, ao tornar o “novo conhecido”, as empresas e seus colaboradores passam a incorporar novos atributos, novos instrumentos, modernas ações que vão inspirando outras mais.

Nesse sentido, os insights são os combustíveis para que aquilo que estava na esfera construtiva da criatividade, muitas vezes, imaginativa, seja materializado com a implementação das soluções e, assim, possamos usufruir dos benefícios da Inovação de um novo produto ou serviço ou a ressignificação de ambos.

Essa tem sido a tônica no ambiente da saúde, e que instiga a todos nós que temos a responsabilidade na condução dos negócios nos nossos hospitais.
Negar essas contribuições teria o mesmo efeito se no passado tivéssemos negligenciado a descoberta da penicilina ou a proteção dos antibióticos ou continuar fechando não apenas os olhos, mas a mente e a alma para as tecnologias e possibilidades de mudança.

Conhecer as inovações, ler seus contornos, e incorporá-las nas nossas instituições é um dos nossos mais desafiadores papéis em um cenário que promete ser mais empreendedor a cada dia, rompendo com os paradigmas e ciclos viciosos que ainda permeiam a gestão de serviços de saúde.

8h00 às 9h00 Design Thinking:
Ferramenta de Inovação para
Empreendedores

Palestrante:
Eliane Diniz Araujo – Psicóloga e Coach, especialista em Desenvolvimento Humano há 17 anos e sócia da Interação Social

9h00 às 9h30 Debate

9h30 às 11h30 Inteligência Artificial: Auxiliando Decisões, Gerenciando Riscos e Salvando Vidas

Palestrantes:

Thiago Galan de Abreu – Watson Health Client Executive

Marcos Watanabe – Global Solutions Director na Atlantic Solutions. Profissional com mais de 20 anos de carreira na área de soluções de TI. Possui ampla experiência em inovação tecnológica e gestão de negócios

Matheus Ferla – Médico Oncologista e Responsável pelo projeto de implantação do Watson for Oncology no Hospital do Câncer Mãe de Deus

Jacson Fressatto – Fundador e CEO (Chief Executive Office) da LAURA, plataforma de Inteligência Artificial, é arquiteto de sistemas

11h30 às 12h00 Debate

12h00 às 13h00 Transferência Fundo a Fundo:
o que impacta para as Santas Casas, Hospitais Beneficentes e gestores públicos de saúde com a mudança da forma de transferir os recursos federais.

Palestrante:
Antonio Carlos Rosa de Oliveira Júnior – Diretor Executivo do Fundo Nacional de Saúde – FNS

13h00 Encerramento

Os Fóruns Técnicos acontecerão nos dias 8, 9 e 10 de maio e foram pensados para ampliar o conhecimento técnico dos participantes, inclusive com a apresentação de casos que servirão de base para auxiliar na tomada de decisão em seus serviços de saúde.

Participantes das diretorias dos hospitais, administradores e lideranças setoriais assim como os assessores jurídicos, assessores de imprensa, contadores, relações publicas, médicos, nutricionistas, farmacêuticos, enfermeiros, gestores de pessoas, compradores, tecnólogos, colaboradores e estudantes terão a oportunidade de relacionamento com os principais profissionais e lideranças do setor.

Dia 8 Terça-feira
FÓRUM 1 Gestão de Finanças e Custos
FÓRUM 2 Nutrição e Farmácia
FÓRUM 3 Sistemas de Gestão

Dia 9 Quarta-feira
FÓRUM 4 T.I. e Inovações Tecnológicas
FÓRUM 5 Jurídico
FÓRUM 6 Compras e Suprimentos Hospitalares Sustentáveis
FÓRUM 7 Governança Médica

Dia 10 Quinta-feira
FÓRUM 8 Qualidade e Segurança do Paciente
FÓRUM 9 Gestão de Pessoas
FÓRUM 10 Comunicação
FÓRUM 11 Contabilidade

Dia 8 Terça-feira

FÓRUM 1 – Gestão de Finanças e Custos

Gerir custos tem sido inegavelmente uma das maiores preocupações dos gestores hospitalares. Com o aumento da complexidade das suas
operações, os nossos hospitais têm necessitado de ferramentas mais amplas e que trabalhem também com foco na rentabilidade.
Neste fórum, os congressistas conhecerão as tendências mais promissoras na gestão de custos e de resultados, com destaque para a abordagem
proporcionada pelo DRG, que vem trazendo resultados expressivos às organizações de saúde que o adotaram.
Cuidar do financeiro das organizações de saúde requer um olhar ampliado, pois com os recursos cada vez mais escassos, necessitamos ter controles
rígidos, negociação com as fontes pagadoras e fornecedores bem como estabelecer as premissas estratégicas com as devidas orçamentações.
Envolver as equipes, parceiros e demais stakeholders nos objetivos, perspectivas e metas, assegurará que estejam engajados e comprometidos
com a sustentabilidade econômica da entidade.

9h00 às 10h00 Gestão de Leitos: redução de custos de internação através do centro de admissão e diagnóstico inicial

Palestrante:
Guilherme Aquino – Médico, especialista em Clínica Médica. Coordenador do Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH) da Santa Casa de Belo Horizonte – MG

10h00 às 11h00 Aspectos Econômicos e Financeiros na Formação dos Preços no Setor Saúde

Palestrante a confirmar

11h às 13h Coffee Break

11h30 às 13h00 Planejamento Estratégico Orçamentado: Norteador de (in)Sucesso nas Organizações

Palestrante:
Vicent Dubois – Professor Associado da Fundação Dom Cabral – FDC, atuando em diversos projetos nas áreas de Estratégia Organizacional e Gestão Mercadológica.

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante – Pedra Grande)

14h30 às 15h30  Como Obter Ganhos de Eficiência, Reduzir Desperdícios e Solucionar Crise de Custos na Área de Saúde

Palestrante:
Marcelo Tadeu Carnielo – Diretor Técnico da Planisa

15h30 às 18h00 Modelos de Remuneração e Informação para área de saúde: desafios, resultados e perspectivas no uso das metodologias

P4P – Pagamento por Performance

DRG – Grupo Diagnósticos Relacionados

CMD – Conjunto Mínimo de Dados

Palestrantes:
Guilherme Pereda – Médico com Residência em Medicina Preventiva e Social pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, MBA em Administração Hospitalar e Sistemas de Saúde pela Fundação Getulio Vargas. Responsável técnico e comercial pelo DRG 3M (Health Information Systems) no Brasil e representante comercial da empresa 2iM – Inteligência Médica.

Tania Grillo – Médica especialista em Clínica Médica e em Medicina do Trabalho (UFMG)

Leandro Manassi Panitz – Coordenador-Geral dos Sistemas de Informação e Analista Técnico de Políticas Sociais

do Ministério da Saúde – MS

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Continuação do Painel e Debate

Dia 8 Terça-feira

FÓRUM 2 – Nutrição e Farmácia

O que estamos fazendo em Nutrição e Farmácia Hospitalar que precisa ser aprimorado? Qual é a nossa atitude em relação às não-conformidades
nesses processos? Como os serviços de nutrição e farmácia impactam nos resultados assistenciais e otimização de recursos?
Baseados nas evidências demonstradas pelos processos de Acreditação Hospitalar, teremos a oportunidade de debater e aprender com a
“fotografia” dos procedimentos atuais que apontarão as possibilidades de melhoria nos nossos hospitais. Será abordada a estreita relação entre
os profissionais dessas duas áreas essenciais e como essa integração pode propiciar resultados surpreendentes para os pacientes, sem aumento
de custos para os serviços de saúde.
Os participantes deste fórum terão a oportunidade única para conhecer as inovações em Farmacoeconomia e Gastronomia Hospitalar que
poderão ser implementadas em suas organizações de saúde. Serão apresentadas práticas exitosas para otimizar recursos, reduzir despesas e ter
um diferencial competitivo.

09h00 às 10h00 Nós Críticos das Áreas de Nutrição e Farmácia nos Processos de Acreditação Hospitalar

Palestrante:
Ana Paula Giorgenon – Avaliadora do IBES – Instituto Brasileiro para Exelência em Saúde.

10h00 às 11h00 Gastronomia Hospitalar Como um Diferencial Competitivo de Mercado: Custos x Resultados x Percepção de Valor

Palestrante:
Carlos Eduardo Russo – Consultor gastronômico, segmento saúde e educação sodexo

Coffee-break 11h00 às 11h30

11h30 às 13h00  Farmacoeconomia: Vantagens e Desvantagens.

Palestrante:
Otávio Clark – CEO, Diretor de projetos & acesso ao mercado da Evidências Credibilidade Científica, Oncologista clínico com fellowship em Oncologia Baseada em Evidências e Métodos de Pesquisa no H. Lee Moffitt Cancer Center & Research Institute, em Tampa, Flórida (EUA).

13h00 às 14h30  Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00  Reduzindo Custos com a Gestão de Alimentos: O que podemos aprender com outro mercado para aplicar na área de saúde? Rompendo os preconceitos para o uso total dos alimentos.

Palestrante:
Agnes Alencar de Castro P. Botelho – Mestre em História Social da Cultura. Começou a trabalhar no terceiro setor na Gastromotiva como professora de cidadania em 2015. Desde então passou por várias posições, coordenadora de curso, projetos internacionais, e hoje trabalha supervisionando o impacto social nos projetos nacionais e internacionais da Gastromotiva.

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Talk Show: Riscos e Custos na Gestão de Serviço de Farmácia com Foco na Segurança do Paciente Aliados à Criticidade na Interação de Processos com as Áreas: médica, enfermagem e nutrição

Palestrantes:
Michelly Baldovinotti
 – Supervisora de Farmácia e Responsável Técnica do Hospital PUC-CAMPINAS

Silvana Bannwart – Chefe de Nutrição do Hospital PUC-CAMPINAS

Dia 8 Terça-feira

FÓRUM 3 – Sistemas de Gestão

Os eixos da eficácia passam necessariamente pela engenharia dos sistemas como também pelo domínio das competências. É com esse foco que
serão trabalhadas as contribuições neste fórum.
Desde o atendimento básico até os mais complexos, toda a dinâmica da gestão hospitalar requer ferramentas ágeis e eficientes, e que integrem
todos os processos. Nossos Administradores irão necessitar cada vez mais de instrumentos com essa formatação, para fazer frente aos desafios
da gestão hospitalar haja vista o conjunto de operações complexas e que exigem agilidade, segurança e qualidade.
Por outro lado, os operadores desses processos precisam estar qualificados permanentemente para trabalharem com suas lógicas de condução
e análise. Somente pelo domínio das competências é que se consegue operar, manter e desenvolver sistemas moduláveis e adaptáveis às mais
variadas condições ditadas pela ambiência dos negócios, cada vez mais mutante.

9h00 às 10h00 A internet das Coisas e seus Reflexos nas Organizações de Saúde

Palestrante: 
Márcio Lago – Membro do Conselho Diretivo da ABCIS – Associação Brasileira CIO Saúde.

10h00 às 11h00 “Maturidade de Gestão Hospitalar e Transformação Digital – Os Novos Caminhos da Saúde”

Palestrante: 
Roberto Gordilho – Diretor da GESSAÚDE – Consultoria e Gestão

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Growth Hacking: uma nova forma de pensar, lidar com novas tecnologias, trabalhar com alta velocidade e análise de dados para gerar crescimento exponencial nas organizações

Palestrante: 
Mauricio Hirai – Diretor na VidaClass, uma empresa que desenvolveu uma solução na saúde para prover acesso as pessoas sem cobertura de planos ou seguros saúde . Tem forte envolvimento nas áreas de business analytics, planejamento estratégico e mais recentemente em desenvolvimento de novos negócios

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 15h00 Novas Oportunidades de Receitas para as Entidades Filantrópicas

Palestrantes: 
José Luis Bichuetti – Atua como executivo e como consultor, liderando atividades em empresas de origens familiares, confessionais e multinacionais, em processos de crescimento, de gestão de mudanças e em turn-arounds, objetivando a obtenção de altos índices de desempenho.

Teresa Gutierrez – advogada, sócia do Machado Nunes Advogados, especialista em Direito Administrativo pela PUC/SP.

15h00 às 16h00 Lean Thinking: aplicação no setor saúde para a excelência nos resultados

Palestrante: 
Alex Sandro Araújo da Silva – Chefe do Departamento de Emergência Adulto do Hospital São Camilo – Pompeia, Santana e Ipiranga

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Gestão com Poucos Recursos Financeiros
– Captacão de Recursos: como os recursos extraordinários podem contribuir na melhoria de performance das entidades de saúde?
– Gestão por Processos: gerenciamento dos custos gerais, aumento de faturamento e negociações

Palestrantes: 
Carlos Roberto de Melo – Enfermeiro, Membro do grupo de pesquisa na FEA-USP em Ribeirão Preto na área de controladoria. Consultor da GESTI nas áreas de Gestão de Processos, Assistenciais e Faturamento

Marcos Aurélio Seixas dos Reis – Enfermeiro, 10 anos de experiência em enfermagem em instituição acreditada com excelência pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Professor Tutor do Curso MBA-USP de Gestão em Saúde – INEPAD / FIERP

Dia 9 Quarta-feira

FÓRUM 4 – T.I. e Inovações Tecnológicas

A Inovação tem sido intensa no ambiente da Saúde Hospitalar. Os modelos de integração de inteligências, tanto no cenário acadêmico como no empresarial, vêm colocando à disposição das nossas lideranças generosas contribuições.
Em um panorama de acentuadas inovações, as novas tecnologias proporcionam ganhos de tempo, reduzem custos, promovem interações entre especialistas, melhoram a performance das equipes. Estar sensível e ter um olhar voltado para esses aplicativos e ferramentas inovadoras, é a postura requerida por aqueles que se comprometem com melhorias permanentes.
Neste fórum, nossos congressistas terão contato com modelos inovadores que já ultrapassaram os limites das simples ideias. São modelos testados e aprovados em instituições como as nossas.

9h00 às 10h00 Plano Diretor de Informática: alinhamento com o planejamento estratégico institucional

Palestrante:
Tiago Damasceno Felipe – Superintendência de TI do Hospital Leforte

10h00 às 11h00 Big Data – Como as organizações de saúde podem alavancar seus negócios por meio dessa oportunidade

Palestrante
Jacson Barros – Presidente da ABCIS – Associação Brasileira CIO Saúde

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Gestão de Projetos e Riscos em TI: 
– A tecnologia fomentando o negócio
– A tecnologia não espera ninguém

Palestrantes: 
Adriano Marques – Diretor de Marketing do Grupo Taisei
Carlos Dariani – Diretor Executivo da Moneyus
Marcos Pasin – Diretor de Negócios do Grupo Taisei – Divisão SAP

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00 Painel de Startups em Saúde

Palestrantes: 
Rafael Urbach – Sócio cofundador da Healthier Internet, startup que desenvolve soluções de tecnologia para a saúde.
Os produtos da empresa são baseados na experiência e jornada do paciente. A empresa é responsável pelo Mundo dos Exames e o SOSPS

Anselmo Antunes de Carvalho – Especialização em Gestão de Riscos e Inteligência Artificial, foi reconhecido e homenageado pela Câmara Municipal de São Paulo em 2015 com a Medalha Anchieta como Profissional Inovador em Saúde, tendo atuado por mais de 10 anos na Indústria e em Operadoras de Saúde, Anselmo Antunes migrou de área, iniciando o desenvolvimento de novos negócios para a TNH Health.

 Diognes Silva – Anastech

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Do Prontuário Eletrônico ao Hospital Digital: como estamos nos preparando para essa necessidade?
Desafios para a implantação, reflexos na qualidade de assistência hospitalar, retorno financeiro e impacto ambiental

Palestrantes: 
Valmir de Oliveira Jr – Diretor Comercial de Produto da MV

Claudio Giuliano – Diretor da Folks

Dia 9 Quarta-feira

FÓRUM 5 – Jurídico

O ambiente da Saúde Hospitalar Filantrópica viu crescer nos últimos anos um intenso processo de regulamentações, e consequentemente,
de interpretações dúbias e conflitantes. O resultado era inevitável: crescimento acelerado da judicialização e a exigência natural de que nossos
hospitais passem a ter um novo modelo de gestão no Departamento Jurídico, capaz de acompanhar todas essas mudanças e ser proponente de
ações e defesas com sólidas fundamentações.
Mais ainda: em situações em que os conflitos vêm sendo mais agudos, as práticas atuais sugerem o compartilhamento de informações, discussões
conjuntas e atuação em rede para superar os desafios que nos são interpostos. Atenção especial também será dada neste fórum para as
recentes mudanças na área trabalhista, e as suas naturais implicações jurídicas no ambiente hospitalar.

9h00 às 10h00 Gestão de Departamentos Jurídicos de Hospitais

Palestrante: 
Lincoln Magalhães – Assessor Jurídico da FEMIPA – Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná, Assessor Jurídico/Adm. do Hospital Evangélico de Londrina, Membro do Conselho Jurídico da CMB – Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas

10h00 às 11h00 Repercussões da ADI 2028 na Garantia da Imunidade Tributária

Palestrante:
Fátima Fernandes Rodrigues de Souza – Advogada sócia na Advocacia Gandra Martins

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Nova Projeto de Lei da Filantropia

Palestrante: 
Monaliza Costa Santos – Diretora Administrativa e Assessora Jurídica da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas. É membro do Conselho Consultivo do DCEBAS do Ministério da Saúde

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 15h20 Perspectivas Frente à Nova Lei de Terceirização

Palestrante: 
Josenir Teixeira – Presidente do IBATS – Instituto Brasileiro de Advogados do Terceiro Setor. É membro do Conselho Consultivo da Comissão de Direito do Terceiro Setor da OAB/SP e Presidente da ABEAS – Associação Brasileira de Entidades de Assistência Social

15h20 às 16h00 Reforma trabalhista aplicada ao dia-a-dia das organizações de saúde

Palestrante: 
Aline Martines Arnone – Sócia do Escritório Arnone Consultoria Jurídica, prestando atendimento jurídico para o Sindhosfil de São Paulo e Ribeirão Preto

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Judicialização da Saúde: quais são os principais riscos, implicações, oportunidades e alternativas que permeiam o negócio saúde tanto no contexto assistencial quanto na gestão de pessoas

Palestrante: 
Maria Gabriella Pavlopoulos Spaolonzi – Juíza da 13ª Vara da Fazenda Pública do Estado de São Paulo

Dia 9 Quarta-feira

FÓRUM 6 – Compras e Suprimentos Hospitalares Sustentáveis

Todos os esforços internos na busca da sustentabilidade podem ficar comprometidos se as organizações hospitalares não dispuserem de instrumentos e posturas eficazes nos momentos da aquisição dos seus insumos, particularmente aqueles que compõem as curvas “A” e “B”.
As plataformas de compras eletrônicas que entraram para ficar no nosso ambiente, associadas às parcerias e aos compartilhamentos, têm sido
instrumentos eficazes nesse processo de busca de rentabilidade.
Neste fórum, traremos novas contribuições para nossos gestores ampliando o campo de descoberta com novas oportunidades de ganhos.
Foco especial será dado às possibilidades das “Compras Conjuntas”, considerada como de grande potencial para a redução dos custos de aquisição,
revisão de processos e impacto na operação de saúde, tendo no “Strategic Sourcing” a base para a otimização e maximização nos resultados
econômicos.

9h00 às 10h00 Importação de Equipamentos: Um caminho relevante para otimizar os recursos escassos, inclusive em relação às emendas parlamentares. Principais Requisitos, exigências e cuidados considerando a natureza das entidades sem fins lucrativos

Palestrante
Helga Lucas Canelas – Gerente Executiva de Suprimentos e Facilities da BP

10h00 às 11h00 Tecnologias para a melhoria da operacionalização de serviços, aprimorando técnicas e procedimentos na área de saúde

Palestrante
Debora Carvalho – Gerente da Farmácia da Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Compras 4.0 – As alavancas de valor que impulsionam a inovação na área de suprimentos

Palestrante: 
Eduardo Paes de Barros – Diretor Comercial na Bionexo com forte envolvimento em novos projetos, tais como inteligência de mercado, análise avançada de dados e planejamento

Apresentação de Case ABIFIC – Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer

Palestrante: 
Pascoal Marracini – Diretor Administrativo na Instituto do Câncer Doutor Arnaldo Vieira de Carvalho e Presidente da Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer (ABIFICC),

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00 Cadeia de Suprimentos e sua relevância para a sustentabilidade do negócio saúde

Palestrante: 
Marcos Davi Hume – Diretor de Acesso ao Mercado da Medtronic, onde é responsável por apoiar os negócios a expandir o acesso de pacientes às soluções e tecnologias produzidas pela empresa através de ferramentas que comprovam valor econômico e desfechos clínicos.

16h00 às 16h30  Coffee-Break

16h30 às 18h00  Compras Conjunta: uma grande oportunidade para economia de escala, ganhos de excelência e maximização do resultado operacional

Palestrante: 
Júlio Abud – Diretor de Compras da Anahp – Associação Nacional de Hospitais Privados

17h30 às 18h Como boas práticas de planejamento de demanda podem otimizar a gestão logística nas instituições de saúde? Quais os impactos operacionais das compras emergenciais? 

Palestrante:
Rodrigo Aranda, Líder da Área de Planejamento na Bionexo

Dia 9 Quarta-feira

FÓRUM 7 – Governança Médica

Ter uma Governança Médica alinhada com os diversos setores do hospital e com um olhar para os desafios de um futuro já presente, será a tônica deste fórum. Nesse sentido, rever o papel do Corpo Clínico em processos sensíveis como a alta responsável e a criação do Plano Diretor de Medicina, com seus impactos no Planejamento Estratégico, são alguns dos seus focos.
Um dos grandes desafios da gestão hospitalar está centrado no entendimento do papel das Diretorias Clínica e Técnica, visando o alinhamento da operacionalização dos serviços com as necessidades, limites e exigências para manutenção das atividades.
A programação reservará amplo espaço para análise da contratação de empresas médicas e seus reflexos como também no papel dos médicos hospitalistas e os conceitos da medicina sustentável. A governança médica está intimamente ligada aos resultados desejados no planejamento institucional, nimpactando na cadeia produtiva nos hospitais.

9h00 às 10h00 Avaliação do Corpo Clínico Baseado em Evidências: indicadores e DRG

Palestrante: 
Marcia Martiniano de Sousa e Sa
 – Médica Epidemiologista, Pós-graduação em Gestão em Saúde e Informática em Saúde pelo Hospital Sírio Libanês, mestra em ciências pela FMUSP. Coord. de Epidemiologia do Hospital Sírio Libanês

10h00 às 11h00 Contratação de Empresas Médicas: reflexos nos resultados econômicos, assistenciais e na missão do Hospital

Palestrante: 
Fernando Barreto – Médico Cardiologista, Vice-Diretor Clínico do Grupo São Cristóvão e responsável pela ferramenta de avaliação e performance do corpo clínico

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Alta Responsável: como esse diferencial pode influenciar as fontes pagadoras, regular as atividades assistenciais, otimizar leitos e promover segurança aos familiares, pacientes e profissionais de saúde

Palestrantes: 
Denise Correa de Oliveira Lautenschlaeger –  Gestora do Cuidado na Santa Casa de Piracicaba. Tem experiência na área de enfermagem, especialmente em centro-cirurgico, UTI e educação.

Milena Pessoa – Enfermeira Coordenadora – Desempenhando atividade nos setores: Pronto Socorro (Serviço de Urgência e Emergência), UTI Geral, Unidades de Internação Clinica Cirúrgica, Cirurgia Plástica, Pediatria, e atualmente como Coordenadora da unidade de internação Clínica Medica (Unidade A), NADeP (Núcleo de Aprimoramento e Desenvolvimento de Pessoa – Educação Continuada) da Santa Casa de Piracicaba

Katia Ferraz Santana
Secretária Municipal de Saúde – Marília/SP

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00 Bioética e Medicina Hospitalista: de que forma agregam valor na cadeia produtiva dos hospitais

Palestrante: 
André Wajner – Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Hospitalar – SOBRAMH

José Carlos Reichelmann – Assessor Técnico Médico da Coordenação de Ações Judiciais do Gabinete do Secretário Municipal de Saúde de São Paulo. Delegado Metropolitano do CREMESP. Doutorando em Bioética pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (Portugal)/ Conselho Federal de Medicina.

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Talk Show: Plano Diretor de Medicina: alinhamentos e impactos para a estratégia institucional, aspectos éticos e na construção da relação da direção clínica e técnica, visando assegurar as diretrizes de compliance.

Palestrantes: 
Alexandre Bonfim – Médico, avaliador ONA pelo IBES -Instituto Brasileiro de Excelência em Saúde e Membro do Conselho Consultivo da TM Jobs

Ana Regina Cruz Vlainich – Médica oftalmologista, Mestra strictu sensu em “Ciências da Saúde” (USP); Pós graduações em Gestão em negócios de saúde e Gestão de Planos de saúde; Conselheira de administração certificada pelo IBGC, onde é também membro das Comissões de Governança Corporativa em Saúde e em Cooperativas

Fábio Luís Peterlini – Médico e Diretor Técnico do Hospital Geral de Pedreira – OSS SPDM

Lucia Eid – Gerente Médica do Hospital São Camilo Pompeia e Gerente Médica Executiva na Care Plus

Dia 10 Quinta-feira

FÓRUM 8 – Qualidade e Segurança do Paciente

Sabidamente essa é uma das áreas que vem requerendo maior atenção das instituições de saúde hospitalar. Tendo a questão ética como eixo central, girar os processos e métodos de forma a garantir o cumprimento rigoroso dos protocolos clínicos, tem sido o desafio das lideranças para garantir à sociedade que ela pode dispor de instituições confiáveis e seguras.
Neste fórum teremos a visão fotográfica dos principais problemas que agridem esse compromisso institucional, a visão da ONA – Organização Nacional de Saúde, dos profissionais de saúde e a visão do paciente, visto como o agente principal e cliente final de todos os processos desenvolvidos.
Essas três visões permearão os debates e servirão para uma abordagem construtiva, pois não existe mais espaços para o isolamento e a cultura do
medo, sendo fundamental trazer à mesa os desafios para estabelecer as relações de confiança na prestação de serviços de saúde.

9h00 às 10h00 Acreditação e Compliance: evoluções e desafios na melhoria dos processos do prestador de serviços e reflexos na relação com o paciente e fontes pagadoras na visão da ONA – Organização Nacional de Acreditação

Palestrante: 
Péricles Góes da Cruz – Médico, Pós-graduado em Administração Hospitalar e em Gerência Hospitalar. Um dos Fundadores da ONA, coautor da primeira edição do Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar em 1998 e dos demais Manuais de Acreditação desenvolvidos na ONA até os dias atuais e atualmente Gerente de Relações Institucionais da Organização Nacional de Acreditação.

10h00 às 11h00 Relato de Resultados Obtidos por Meio do Uso da Metodologia do IHI Institute for Healthcare Improvement: uma oportunidade de melhoria contínua de processos em ambiente hospitalar

Palestrante: 
Camila Sardenberg – Diretora Corporativa de Qualidade e Segurança do Paciente – Associação Congregação de Santa Catarina

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Fortalecimento da Cultura de Segurança do Paciente e sua Influência nos Resultados dos Hospitais

Palestrante: 
Luciana Yumi Ue– Técnica Especializada no Programa Nacional de Segurança do Paciente do Ministério da Saúde

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h30 Case de Sucesso: Inovações Tecnológicas e Protocolos: como podem auxiliar na redução do risco de infecção, com melhorias nas atividades assistencias e nos resultados econômicos – Abordagens exitosas em Hospitais Filantrópicos

Palestrantes: 
Pedro Mathiasi Neto – Gerente de Inovação e Coordenador do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do HCor – Hospital do Coração

Ellen Dreger Cardoso – Coordenadora Medical Science Liaison e Responsável Técnica da América 3K

16h30 às 17h00 Coffee-Break

17h00 às 18h00 Humanização: como as práticas de qualidade e segurança do paciente contribuem para a melhoria dos processos e relações no ambiente hospitalar

Palestrante: 
Maria Aparecida Aguiar da Silva – Gerente de Gestão da Qualidade do GRAACC

Dia 10 Quinta-feira

FÓRUM 9 – Gestão de Pessoas

Estamos vivenciando uma das maiores transformações na relação laboral no país. A reforma trabalhista recentemente aprovada, trará no curto e médio prazo, profundas mudanças na relação contratual. Nossas instituições ficarão com maior liberdade de movimentos na busca de profissionais qualificados e com maiores possibilidades de manutenção das suas equipes. Na mesma dimensão, serão desafiadas a buscarem modelos novos que estimulem os
seus colaboradores a se engajarem e a se comprometerem mais intensamente com os objetivos institucionais.
O desenvolvimento dos times requer olhares ampliados que perpassam as qualificações técnicas; logo, devemos ter o ser humano e suas complexidades como foco de atenção para estruturar as equipes de trabalho. Portanto, novas formas de contratação, de avaliação de desempenho e estimulação de ambientes saudáveis são essenciais para que os resultados sejam alcançados.

9h00 às 10h00 Avaliação de Desempenho: afinal, impactam ou não na produtividade das organizações de saúde?

Palestrante: 
José Armando Calderaro – Diretor Executivo da Support Empresarial

10h00 às 11h00 E-social, Novas Formas de Contratação e Desafio das Cotas: como os líderes e gestores de pessoas estão enfrentando esses desafios?

Palestrante: 
Elizabeth Leonetti – Diretora Sócia da Adesione e docente universitária do Senac

11h00 às 11h30  Coffee-Break

11h30 às 12h00  Neuritos – ferramenta tecnológica para treinamento e desenvolvimento de pessoas

Palestrante: 
Valéria Regina Bazana da Silva Coelho – Analista de treinamento e desenvolvimento do GRAACC

12h00 às 13h00 A Felicidade como Fator Motivacional para Obtenção de Resultados nas Instituições

Palestrante:
André Lopes – Advogado pela PUC Campinas com MBA em Direito Empresarial, coach pela IBC e especialização nas áreas de Governança e Gestão de pessoas.
Aborda temas relacionados à gestão humanizada, práticas estratégicas de RH, cultura
organizacional orientada ao desenvolvimento humano e impactos da Filosofia de Gestão no relacionamento comercial.

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00 Reforma Trabalhista: E agora?

Palestrantes: 
Rui Cesar Publio Borges Correa – Juiz Titular da 60ª Vara do Trabalho de São Paulo, Mestre e Doutor em Direito do Trabalho pela PUC/SP

Felipe de Castro Patah – Sócio da Área Trabalhista de Ferreira Cabral, Raguza, Monteiro & Patah Sociedade de Advogados

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Estratégias para se manter como uma das melhores instituições de saúde para se trabalhar

Palestrantes: 
Leonardo Piovisan Mendonça – Coordenador de Saúde Ocupacional Centro de Atenção a Saude e Segurança do Colaborador (CASSC) Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Patrícia Fernanda Florindo – Gerente de Rh da Santa Casa de Rio Claro

Dia 10 Quinta-feira

FÓRUM 10 – Comunicação

Temos dedicado muito dos nossos esforços no aperfeiçoamento dos padrões de relacionamento institucional com nossas comunidades. Sem dúvida, esse direcionamento tem sido importante e válido para a construção da imagem dos hospitais. Já abordamos em outros encontros os desafios relacionados à gestão de crises de imagens, bem como o avanço das redes sociais.
Em 2018, o objetivo do fórum será o debate sobre a Comunicação Interna, e sobre ações voltadas diretamente ao público interno, mas que sem dúvida, refletem na imagem institucional do hospital e demais serviços de saúde. Portanto, precisamos ampliar, discutir e encontrar caminhos para fortalecer a relação com as equipes, mas também promover discussões em relação ao impacto da imagem institucional no ambiente externo.
Vamos abordar a comunicação e sinalização visual nos hospitais, apresentar cases de sucesso de comunicação com os colaboradores, pois são eles que estão mais próximos dos clientes e muitas vezes os deixamos a margem das informações.
Nossos assessores de imprensa, profissionais de marketing, relações públicas, gestores, porta-vozes, secretárias, recursos humanos e diretorias estão convidados a participarem deste fórum para debaterem com os especialistas convidados os avanços na comunicação, que são desafios constantes, e que podem ser apoiados em ferramentas e aplicativos tecnológicos.

9h às 10h Caráter Multidisciplinar da Comunicação nos Hospitais

Palestrantes: 
Mônica de Moraes Oliveira – Doutorado em Ciências da Comunicação pela ECA/USP com o tema relacionado à Comunicação Visual em hospitais. Possui graduação em Pedagogia pela FE/USP (1990), com habilitação em Orientação Educacional. Mestrado em Ciências da Comunicação pela ECA/USP (1997)

Melina Beatriz Gubser– Formada pela ESPM em Propaganda e Marketing com ênfase em Marketing, possui pós-graduação em Administração e Especialização em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP). Atualmente, é Gerente de Marketing e Comunicação do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Alinhada as diretrizes estratégicas do Hospital, recentemente liderou o processo de renovação da marca da Instituição, que foi apresentada em 26 setembro de 2017, no aniversário de 120 anos da Instituição.


10h às 10h30 Revisão e edição de texto para quem faz tudo

Palestrante: 
Julie Fank – Escritora, artista visual e diretora-fundadora da Esc. Escola de Escrita. É licenciada em Letras Português/Inglês, mestra em Letras, com ênfase em Literatura Comparada, e doutoranda em Escrita Criativa pela PUC-RS. Já atuou no mercado editorial como diretora de redação e editora de revistas e como redatora, revisora e na área de roteiros para tevê.


10h30 às 11h00 Debate

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h30 às 13h00 Talk Show – Relevância de Interação entre as áreas e a busca por uma comunicação eficaz e para melhoria dos processos e da gestão.

Palestrantes: 
André Luiz Villas Bôas e Silva – Conselheiro de Administração pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa – São Paulo/SP – 2016. MBA em Gestão de Negócios. Pós-graduado em Marketing. Atuação nos Hospitais Acallanto, Unimed Santa Helena, Vita Curitiba, Rede Rede D’Or São Luiz, HCor – Hospital do Coração e Santa Cruz de São Paulo

Rosely Fernandes – Gerente de Comunicação e Marketing da Rede de Hospitais São Camilo


Willian Malfatti – MBA em Comunicação, Finanças e Relações com Investidores pela FIPECAFI e graduado em Comunicação pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, possui diversos cursos complementares em instituições de ensino como Faculdade Getúlio Vargas, FIA e Centro Paulista de Economia da Saúde da Universidade Federal de São Paulo. Desde 2005 no Grupo Fleury, exerce atualmente a função de Diretor de Comunicação, Relações Institucionais e Relacionamento com Clientes.
13h00 às 14h30 – Almoço
14h30 às 16h00 – Comunicação com o Paciente – Projeto “Cuidar e Educar”: Como melhorar a experiência da sala de espera com mais saúde e qualidade de vida

13h às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

Palestrante: 
Ricardo Sonati – CEO e fundador da TV Doutor – Com foco na criação de conteúdo televisivo sobre saúde – apresenta o Projeto Cuidar e Educar. Também exerce o cargo de Diretor de Marketing do Hospital Beneficência Portuguesa de Campinas. Tem especialização pela USP e MBA pela Fundação Getúlio Vargas

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 17h30 Relacionamento e Comunicação: como o advento das mídias sociais podem alterar a rotina dos hospitais e impactar no mercado de saúde

Palestrante: 
Marcos Le Pera – Empresário, publicitário, professor, escritor, articulista e palestrante, atua há 35 anos em marketing com especialização em construção de marcas corporativas e pessoais e há 28 anos empresário de comunicação

17h30 às 18h00 Lançamento da Cartilha de Mídia da Fehosp

Participação especial:

Edson Rogatti, diretor presidente da Fehosp
Milton Júnior, jornalista. Trabalhou na ONG Contas Abertas e foi assessor de comunicação do Ministério da Saúde para assuntos de gestão, orçamento e transparência. Integrou o corpo docente de tutores do curso “Como Investigar Gasto Público”, ministrado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. Especializado em Jornalismo de Dados pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais, atualmente é assessor do Conselho Federal de Medicina e coordenador de comunicação da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Dia 10 Quinta-feira

FÓRUM 11 – Contabilidade

As melhores práticas contábeis devem acompanhar ad hoc as mudanças que são impostas por regulamentações e legislações em todos os níveis. E essas mudanças tem tido grande velocidade nos últimos anos no país.
Subvenções, convênios, emendas parlamentares, doações, incentivos fiscais, e outras rubricas, vêm provocando e instigando os nossos contabilistas a buscarem as mais adequadas interpretações que protejam as instituições.
A Estruturação contábil e fiscal digital também sugerem debates e informações sobre as práticas que vêm sendo adotadas, sem esquecer da Prestação de Contas aos órgãos de controle, uma etapa que requer observância fiel aos regulamentos, destacando que serão abordadas as exigências contábeis para a renovação da CEBAS – Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social.
Neste fórum, teremos contato com especialistas e veremos cases onde os resultados vêm sendo comprovados como perfeitamente ajustados aos preceitos legais e normativos.

9h às 10h A essência e os Objetivos das Normas Brasileiras de Contabilidade Especialistas do Terceiro Setor

Palestrante: 
Marcelo Monello – Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRC-SP e Professor no curso de Gestão para Organizações do 3º Setor do PEC – FGV – Programa de Educação Continuada da Fundação Getúlio Vargas

10h00 às 11h00 Tratamento contábil do faturamento SUS e Operadoras de Saúde: aspectos relevantes desde à solicitação, obtenção, execução, prestação de contas e controle de subvenções, convênios, emendas parlamentares, doações e incentivos fiscais

Palestrante: 
Luis Eduardo Azevedo – Sócio da Azevedo Auditoria e Soluções Empresariais

11h00 às 11h30 Coffee-Break

11h00 às 12h Debate

12h00 às 13h00 Escrituração Contábil e Fiscal Digital – Quais são os principais desafios para o setor saúde diante dessas novas obrigações acessórias ?

Palestrante: 
Arlindo Gonçalves Marrão Junior – Gerente Corporativo de Contabilidade na ACSC – Associação Congregação de Santa Catarina.

13h00 às 14h30 Almoço (Restaurante Pedra Grande)

14h30 às 16h00 Prestação de Contas aos Órgãos de Controle: O que devemos levar em consideração em relação ao pactuado na Diretoria Regional de Saúde versus às exigências do Tribunal de Contas Estadual? Como manter estruturado, documentado e acessível os processos inerentes aos contratos com a DICON/MS – Divisão de Convênios do Ministério da Saúde?

Palestrantes: 
Sônia Regina Rocco – Diretora Técnica de Fiscalização do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Ednéia de Fátima Marques – Diretora Técnica de Fiscalização do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Marilza Silva e Silva – SES/SP

16h00 às 16h30 Coffee-Break

16h30 às 18h00 Exigências da Contabilidade para a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social – CEBAS – Como as Santas Casas e Hospitais Beneficentes devem se preparar para a manutenção de sua imunidade tributária

Palestrantes: 
Brunno Ferreira Carrijo – Coordenador Geral do Departamento de Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social em Saúde – DCEBAS/SAS/MS

Julyson da Silva Santos – Contador do Departamento de Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social em Saúde no DEBAS/SAS/MS

Obs: Esta programação pode sofrer alteração